Vitaminas do Complexo B: quais são e como agem no organismo

Vitaminas do Complexo B: quais são e como agem no organismo

O Complexo B é formado por um conjunto de nove vitaminas. A B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina), B5 (ácido pantotênico), B6 (piridoxina), B7 (biotina), B9 (ácido fólico), B11 (carnitina) e B12 (cobalamina).  Juntas, elas desempenham um importante papel na manutenção de nossa saúde mental e emocional, ajudam na formação dos músculos, conservação da pele, manutenção da visão, crescimento dos cabelos,  combatem os problemas do fígado e atuam ainda na nossa digestão estimulando a liberação do suco gástrico.

A deficiência de vitaminas do Complexo B podem acarretar:

  • insuficiência cardíaca
  • inflamação e degeneração dos nervos, doença conhecida como Beribéri
  • lesões na pele
  • má formação das hemácias, os glóbulos vermelhos do sangue
  • distúrbios mentais, incluindo irritabilidade e convulsões
  • desordens gastrointestinais
  • anemia
  • fadiga e formigamento das mãos e dos pés

Portanto, é muito importante manter uma ingestão diária adequada das vitaminas do Complexo B. Existem medicamentos vendidos em farmácias para suplementação dessas vitaminas. Contudo, ninguém deve tomá-los sem orientação médica, pois os alimentos são capazes de nos fornecer as vitaminas do Complexo B em doses adequadas e uma suplementação sem necessidade pode causar mais problemas do que ajudar.

Problemas causados pelo excesso de vitamina B

Doses altas de vitaminas do complexo B, ao invés de ajudar prejudicam o nosso organismo, podendo causar:

  • úlcera péptica no estômago ou no duodeno
  • lesão no fígado
  • uma alta concentração de ácido úrico no sangue
  • intolerância à glicose
  • reações alérgicas, inclusive anafilática, forma mais grave de reação de hipersensibilidade (alergia), com risco de morte se não for tratada rapidamente
  • A B6, por exemplo, pode inibir a produção de leite pelas glândulas mamárias durante a lactação por supressão da lactina

Para que servem as vitaminas do Complexo B

» B1, tiamina: atua na produção do ácido clorídrico em nosso estômago e também na formação do sangue. O ácido clorídico, ou cloreto de hidrogênio (HCl), é um poderoso antibactericida, que nos protege contra inflamações estomacais, esterilizando o bolo alimentar. É também um ativador das enzimas responsáveis pela digestão de proteínas, como as do leite, por exemplo, para que possam ser melhor digeridas.

» B2, riboflavina: é responsável pelo metabolismo das proteínas, carboidratos e gorduras que ingerimos através dos alimentos. Isto significa que ela faz o nosso organismo produzir mais energia, fortalecendo a nossa saúde. Também estimula o crescimento das crianças, alivia a fadiga ocular, conhecida como vista cansada, e é importante na prevenção e tratamento da catarata.

» B3, niacina: para quem quer ter uma pele saudável ela é essencial. Além disso, é necessária para uma boa circulação sanguínea, o que contribui para a manutenção adequada da pressão arterial. Atua ainda no sistema nervoso, controlando o stress.

» B5, ácido pantotênico: outra substância contida no Complexo B que controla nossa tensão nervosa e o estado emocional.  Isto acontece porque elas atuam na formação de hormônios anti-stress pelas glândulas supra-renais, que têm este nome por se situarem logo acima dos rins. Esta vitamina também contribui para a formação dos anti-corpos de nosso organismo, nos protegendo contra várias doenças bacterianas e viróticas.

» B6, piridoxina: é a vitamina do Complexo B que participa de mais funções em nosso organismo. Os jovens, principalmente, necessitam demais dessa vitamina para alcançar uma boa estatura do corpo, pois sua carência retarda o crescimento. A piridoxina tem ação direta no metabolismo, ajudando a transformar os alimentos em energia. Estimula também nosso sistema imunológico, nos protegendo contra várias doenças. É importante para a saúde física e mental.

» B7, biotina: esta substância tem uma propriedade muito particular, pois ajuda o organismo a absorver melhor as próprias vitaminas do Complexo B. Atua também na formação de novas células e na conversão de gorduras saturadas e insaturadas em ácidos graxos, substâncias que são fontes de energia para nosso corpo.

» B9, ácido fólico: é fundamental para a saúde cerebral, pois atua na manutenção dos neurotransmissores, moléculas que fazem a interligação da comunicação entre os neurônios, o que nos mantém lúcidos e capazes de pensar e raciocinar. Como outras vitaminas do Complexo B também atua na produção de energia em nosso organismo e na formação dos glóbulos vermelhos. Sua carência, portanto, pode causar anemia.

» B11, carnitina: sua função é específica no crescimento, sendo, portanto, essencial para as crianças.

» B12, cobalamina: Outra vitamina do Complexo B que previne a anemia,  auxilia na formação e longevidade das células e também atua na nossa digestão e melhor absorção dos alimentos pelo nosso organismo. Outra característica importante da cobalamina é estimular a fertilidade. É necessária ainda para a formação do DNA, o ácido desoxirribonucleico, molécula presente no núcleo das células de todos os seres vivos e que carrega toda a informação genética de geração para geração. Sua carência afeta a formação de mielina, membrana que envolve os neurônios protegendo o nosso sistema nervoso central.

Alimentos ricos em vitaminas do Complexo B

» Vitamina B1 (tiamina):  cereais integrais, leite, ovos, carne vermelha, fígado e frutas como a laranja.

» Vitamina B2 (riboflavina): vegetais, grãos, leveduras, leite e derivados, carne e fígado.

» Vitamina B3 (niacina):  leite e derivados, germe de trigo, gema de ovo, carne e fígado.

» Vitamina B5 (ácido pantotênico):  Carnes vermelhas, fígado, rins, germe de trigo, brócolis, batata e tomate.

» Vitamina B6 (piridoxina): vegetais, grãos integrais, germe de trigo, leite, ovos, fígado e carne.

» Vitamina B7 (biotina):  vegetais, principalmente legumes, e carne.

» Vitamina B9 (ácido fólico):  vegetais folhosos, nozes, legumes, laranja, grãos integrais, milho, amendoim e miúdos.

» Vitamina B11 (carnitina): carne, especialmente de carneiro.

» Vitamina B12 (cobalamina): leite e ovos, fígado e músculos.